Tag: Menger

Mises e Hayek desomogeneizados

Um importante fator contribuinte ao ressurgimento da economia austríaca nos anos 1970 foi o aparecimento de alguns artigos que atraíram atenção dos economistas profissionais à distinção da teorização econômica fundada por Carl Menger.[1] Provavelmente o mais influente desses artigos foi escrito pelo eminente estudioso de Walras, William Jaffé, e intitulado “Menger, Jevons and Walras Dehomogenized”.[2] Neste artigo, Jaffé argumenta de forma persuasiva que os três fundadores do marginalismo, cujas contribuições até aquele momento haviam tendido a ser combinadas em uma só devido ao foco exclusivo em sua descoberta simultânea do princípio marginal, cada um iniciou uma distinta e separada tradição de método e análise econômicos. Tomado junto da concessão, em 1974, a F. A. Hayek do Prêmio Nobel em Economia e de conferências acadêmicas sobre economia austríaca realizadas anualmente entre 1974 e 1976, esse artigo e outros mencionados acima ampliaram e reforçaram o reconhecimento e interesse na economia austríaca contemporânea como uma alternativa ao predominante paradigma neoclássico. Leia mais

A economia dos ovos de Páscoa

Esta é uma daquelas épocas do ano onde várias pessoas deixam a inibição de lado e parecem querer mostrar com todo orgulho a dimensão de sua ignorância em assuntos de economia. Tão certo quanto o fato de quarenta dias após o Carnaval termos a Páscoa, é também o fato daquele parente, amigo, colega de trabalho/escola/faculdade ou de você mesmo tentar expor toda a ganância e perversidade de quem vende exatamente a mesma gramatura de um chocolate de uma barra, mas em formato de ovo, e cobra muito mais caro por isso.

Afinal de contas, de onde vem essa diferença? A resposta curta, porém não menos correta, é que as pessoas pagam por isso. De forma simplificada, os ovos de Páscoa são muito mais caros porque as pessoas os compram. Obviamente, vamos explorar a resposta mais longa e elaborada, do contrário, esse artigo acabaria aqui e você provavelmente não estaria muito convencido.

Leia mais

© 2020 Bunker Libertário

Theme by Anders NorenUp ↑