Tag: Saúde

O bebê Alfie: a vítima mais recente do governo onipotente

Alfie Evans, um bebê de 23 meses, faleceu num hospital britânico no sábado. Embora a causa oficial da morte seja uma doença encefálica degenerativa, Alfie pode ter sido assassinado pelo sistema de saúde britânico e a suprema corte britânica. Os médicos do hospital que tratava Alfie decidiram remover o seu suporte de vida, contra a vontade dos pais de Alfie. A suprema corte não apenas apoiou a autoridade dos médicos, anulando a vontade dos pais, como também se recusou a permitir que os pais levassem Alfie para o exterior para tratamento.

Ao apoiar a autoridade governamental para substituir seu julgamento pelo dos pais de Alfie, a suprema corte está seguindo os passos de autoritários ao longo da história. Desde Platão, apoiadores de estados fortes têm buscado dar ao governo a responsabilidade pela criação das crianças. O autoritarismo de um sistema onde “especialistas” podem sobrepor os pais é enfatizado por um alerta policial de que eles estavam monitorando as publicações a respeito de Alfie nas redes sociais.

O caso de Alfie não é apenas um exemplo dos perigos de permitir que o governo usurpe a autoridade parental ou das falhas da medicina socializada. Ele mostra o resultado lógico de uma aceitação difundida da ideia de que direitos são meros privilégios concedidos pelo governo. E segue da ideia de que direitos podem ser tomados quando for demandado pelos oficiais governamentais ou pela vontade da população. Leia mais

Tire suas mãos governamentais sujas do meu fast-food

Uma matéria recente do National Post girava em torno da cidade de Lac-Etchemin, no Quebec – que se regozijava por ser a primeira cidade canadense a banir comidas “não saudáveis” de sua área.  Frente à pressão pública e aos declínios nas vendas nas lojas de alimentos da região, o banimento de comidas não saudáveis foi revogado. Estas são boas notícias não somente para as pessoas de Lac-Etchemin, mas para todos os canadenses. A guerra contra comidas não saudáveis deve parar. Mais poder ao poutine!

Leia mais

© 2018 Bunker Libertário

Theme by Anders NorenUp ↑